O ponto de partida para formar o conceito da coleção #1/2019 foi Minas Gerais, estado onde eu Camila e minha sócia Tatiana nascemos, crescemos e fundamos a empresa.

Nossa terra natal nos enriquece diariamente com referencias histórias, gastronômicas, artísticas, arquitetônicas, além da exuberante fauna e flora. Então pensamos, por que não homenagear o nosso estado?! Por que não falar sobre suas qualidades e utilizar suas referências para dar vida à nossa nova coleção?

Olhando ao nosso redor, para os monumentos que vemos nas ruas de Belo Horizonte, a fartura em toda mesa mineira, viajando um pouco até as cidades históricas ou até às serras com a natureza tão rica, concluímos que a palavra que melhor define Minas é Esmero. Esmero talhado nas igrejas de Ouro Preto, esmero das mãos das artesãs, no tempero da comida caseira.

A cores vêm das paisagens e das comidas típicas, o Amarelo Ipê surge acompanhado do Marrom Café, Rosa Goiaba, Verde Esmeralda, combinadas com Pink, Branco, Azul Claro, Off Whit

e, tons de Vermelho, Laranja e Preto. Em meio às cores, as pérolas surgem trazendo delicadeza e luz para as peças.

Seguindo o propósito da marca, de se conectar com artistas locais, e trazendo mais uma referência de Minas, Marcela Melo foi convidada para cobrir algumas peças com seus crochês. Feitos à mão e com muito carinho e esmero, transformam as bolsas em verdadeiras obras de arte. Além de Marcela, Fabiana Rafael ilustra o lenço ícone da coleção com elementos da cultura mineira.

Algumas cidades como Três Corações, minha terra natal, Caxambu cidade onde Tatiana cresceu e Aiuruoca, onde nossas mães nasceram, são citadas no barrado do lenço, como forma de homenageá-las.

Com muito ESMERO, um pouco da riqueza do estado de Minas Gerais.